Simbologia das Cores

A escala de luminosidade é semelhante à simbologia da vertical: "claro" está em cima (onde fica o céu = o superconsciente), "escuro" está embaixo (terra = o inconsciente). As cores estão nas áreas intermediárias entre claro e escuro. Aqui também são expêriencias essenciais que caracterizam a simbologia – por exemplo "verde" é associado às plantas, "vermelha" ao sangue. A tabela seguinte fornece as áreas da psique associadas às cores. Na verdade, as cores têm matizes também e assim o significado pode ser muito mais complexo. Mas para começar, uma classificação simplificada é melhor.

 

luz

o espiritual, despertar interior

o sol, a lua, as estrelas, a luz

branco, amarelo

conteúdos conscientizados/ integrados

animais brancos, flores brancas etc.

azul

o mental

o ar

vermelha

libidinoso, instintivo, animalesco

animais

verde

o vegetativo

plantas

preto

o inconsciente

terra, porão, subsolo, noite etc.

 

"Muitas vezes eu posso observar a simbologia das cores em sonhos lúcidos, quando eu olho para a minha roupa. Quando estava numa disposição mais intelectual, eu me vi vestido em cores azuis. Quando tinha aggressões, muitas vezes vesti roupa sujo-vermelha e esfarrapada. Essa simbologia também apareceu em outras pessoas nos meus sonhos." (Seth)

 

Verde: Na linguagem do subconsciente, essa cor é associada com todas as plantas e coisas vegetais, porque a imagem de folhas verdes é profundamente arraigada na nossa memória. Às vezes podemos ver a cor verde em cartazes – com a intenção de associar o produto promovido com a natureza e a vitalidade. Na área de habitação há a opinião que verde tem um efeito calmante e equilibrador. Plantas de interior têm essa função também.

Laranja: É associada com vitalidade e calor. Laranja clara também é associada com a luz do sol.

Vermelha: Vermelha pode ter um efeito revitalizando até muito estimulante – isso depende da intensidade. É associada com energia mas também com sensualidade.

Azul: Azul-claro é associado à frieza; branco também.

Com uma simplificação cada vez maior, as cores são usadas como elementos de linguagem também – por exemplo "vermelha" como cor dos sinais, com o significado de "atenção!".


 

© Alfred Ballabene (Viena) traduzido por Corra